Sobre Nós

Associação Casa da Criança e do Adolescente de Caxambu-MG

CNPJ nº 06.925.855/0001-00 - Endereço: Av. Barão do Rio Branco, nº 229 - Centro- Caxambu - MG - Tel: (35) 3341-2844

Finalidade:

A Associação Casa da Criança e do Adolescente de Caxambu-MG, tem como finalidade, o acolhimento de crianças e adolescentes em situação de abandono e em situação de risco social e pessoal, especialmente as crianças e adolescentes vítimas de maus tratos, negligência e violência física, psicológica e sexual.

A entidade funciona em sistema de casa-lar, utilizando mãe social e funcionários de apoio, na intenção de propiciar às crianças e aos adolescentes acolhidos, condições similares às de uma família, condições estas ideais ao seu desenvolvimento e reintegração social.

Histórico:

A Casa da Criança foi inaugurada em 23/05/1998, tendo sido uma iniciativa conjunta da Prefeitura Municipal de Caxambu, através da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, da Associação Pró-Cidadania, da Associação Creches Comunitárias de Caxambu e da então Secretaria de Estado do Trabalho, Ação Social, Criança e Adolescente (SETASCAD), atualmente SEDESE, do Governo de Minas Gerais, que enviou uma verba para a compra dos móveis e eletrodomésticos que guarneciam a entidade.

Inicialmente, a Prefeitura Municipal, através do convênio que mantinha com a Associação Creches Comunitárias de Caxambu, assumiu as despesas da casa e a Associação Pró-Cidadania responsabilizou-se pelo pagamento dos funcionários: a mãe-social e uma auxiliar.

Com o passar do tempo, a Prefeitura e a Associação Creches Comunitárias assumiram todas as despesas da Casa da Criança ou Casa de Passagem, como também ficou conhecida, já que seu objetivo sempre foi o acolhimento provisório de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social.

Em maio de 2004, seis anos depois de sua inauguração, iniciaram-se os debates para tornar a Casa da Criança uma entidade independente, com personalidade jurídica, um estatuto e uma diretoria próprios, o que, desde a sua criação, não havia ocorrido.

Desta maneira, no dia 06/07/2004, foi fundada a Associação Casa da Criança e do Adolescente de Caxambu-MG, cuja diretoria, hoje, é formada pelas seguintes pessoas:

DIRETORIA( mandato 2016-2019):

Presidente: Sônia Maria Nadur da Silva

Vice-Presidente: Andréia da Silva Maciel Carvalho

Secretária: Valéria Tregellas Madeira

2ª Secretária: Danielly Gonçalves Pereira

Tesoureira: Elisa Helena da Silva

2ª Tesoureira: Elaine Fernandes Ferreira Ramos

Diretor de Abastecimento: Geovani Antonio Alves Madeira

Diretor Jurídico: Fernando Rocha

Conselho Fiscal:

Márcia Aparecida Franklin Forte

Maria Lidia da Silva Rocha

Carla Maria Franklin da Silva

FUNCIONÁRIOS

Mãe social: Maria Donizete de Jesus Santos

Secretária administrativa: Adriana da Silva

Demais funcionários: Mirian Léa Rocha Monteiro dos Santos (Assistente Social), Nathan Rocha Victolo (Psicólogo), Elen Cristina dos Santos, Wilton Aristóteles dos Santos, Patrícia Isabel dos Santos, Carla Valeska Nabor, Maria Luiza da Silva Dias, Jane Leila da Conceição Silva, Alesandra dos Santos e Pedro Jorge Martins de Barros.

A instituição sempre foi mantida com doações da comunidade, seja em espécie, através do carnê, seja através de gêneros alimentícios, material de limpeza, vestuário, calçados e até mesmo, móveis e eletrodomésticos.

Temos a esclarecer que, em 2006, a Associação Casa da Criança e do Adolescente celebrou convênio com o Município, sendo que, desde então, recebe uma subvenção da Prefeitura Municipal de Caxambu-MG. Da mesma maneira, a instituição celebrou convênios com outras Prefeituras da região e recebe crianças e adolescentes de outros municípios, já que após a reforma de 2010, a entidade passou a ter a capacidade de atender até trinta crianças e adolescentes por vez.

Entretanto, estes valores não são suficientes para fazer face as nossas despesas, pois hoje atendemos a vinte e nove crianças e adolescentes. Devido à crise financeira do Poder Público, especialmente do Município, nestes últimos meses, temos recebido o valor desta subvenção com atraso e não sabemos se o Município poderá honrar com o compromisso até o final do ano. Assim, neste momento,  necessitamos do apoio e do auxílio de toda a sociedade caxambuense, que em todos estes anos, nunca nos faltou.

Sonia Maria Nadur da Silva

Presidente da ACCAC

TOP